Manter uma rotina de estudos regular é fundamental para que as crianças consigam um bom desempenho na escola. Para isso, é muito importante manter um ritmo diário e preparar um local organizado e livre de distrações.

Pode parecer complicado, mas planejar esse momento do dia é simples e garante resultados muito bons, seja no começo ou no final do ano letivo.

Acompanhe nosso post e aproveite as dicas para estimular a rotina de estudos de seus filhos!

Faça um cronograma

Além de incentivar a dedicação aos estudos, montar um cronograma ensina sobre manter responsabilidades e planejar as atividades que precisa desempenhar, especialmente nos dias em que há algum esporte ou aula de idioma.

No entanto, tome cuidado: não sobrecarregue as crianças com atividades extras, a ponto de deixá-las exaustas e sem tempo de fixar adequadamente o conteúdo.

Além disso, invista em uma agenda para anotar datas de provas e trabalhos e poder planejar a rotina de estudos com plena consciência. Um quadro de anotações semanal na parede também fica excelente, afinal, mantém as atividades mais urgentes à vista.

Estabeleça um horário fixo

Um bom critério para montar um horário de estudos produtivo é se basear na escola, colocando as matérias do mesmo dia no horário de casa, para reforçar os conteúdos. Outra boa estratégia é separar o último momento da rotina de estudos para revisar e conferir as lições de casa a serem entregues no dia seguinte.

Sobre a quantidade de horas, vai depender do grau de dificuldade do ano escolar, do desempenho que seu filho normalmente tem e de seu ritmo de aprendizado. Por isso, é importante levar em conta todas essas particularidades e ser compreensivo com as crianças.

Nos anos escolares mais fundamentais, fixar o horário em 2 ou 3 horas pode bastar. Já nas mais avançadas, podem ser necessárias mais horas, também considerando as peculiaridades da criança ou adolescente. O importante é que esse horário seja sempre cumprido e valorizado!

Defina prioridades

Esse é um passo fundamental para o planejamento da rotina de estudos. Se necessário, converse com os professores para verificar as dificuldades e potenciais do seu filho. Muitas vezes, isso pode ser identificado devido à falta de vontade de ir à escola, por exemplo. Saber as causas exige acompanhamento de perto por parte dos responsáveis.

Assim, a distribuição vai ser proporcional, com mais tempo de dedicação para os assuntos que precisam de maiores detalhes ou que ainda não tenham sido compreendidos em sua totalidade.

Crie um espaço voltado ao estudo

Seja uma sala só para estudo ou uma mesa no quarto, o local deve ser ordenado, com todo o material de estudo disponível e livre de distrações. Ou seja: nada de TV ligada, nem tablets ou smartphones por perto! Afinal, nos dias atuais, são as maiores fontes de desconcentração.

A iluminação da mesa de estudos também é primordial para boa concentração durante as tarefas. Se a rotina de estudos for pela tarde, o espaço deve aproveitar a iluminação natural, já que é a de maior qualidade durante as horas diurnas. Caso seja à noite, o ideal é instalar uma luminária com luz branca fria além da iluminação central, pois é a que permite ao organismo se manter mais desperto.

Os móveis também exercem influência na qualidade do estudo. Um mobiliário ergonômico e de tamanho adequado à idade das crianças permite que o estudante permaneça com a postura correta e mais confortável durante suas horas de estudo, potencializando o desempenho.

Além disso, evite uma decoração com excesso de objetos sobre a mesa. Invista em gavetas, nichos e prateleiras para acomodar livros, cadernos e outros materiais auxiliares.

Para deixar tudo mais interessante, varie a metodologia de estudos: experimente ler um livro ou apresentar materiais complementares usando a tecnologia. Assim, a criança vai perceber que o estudo também pode tão divertido quanto os brinquedos!

Pronto para melhorar a rotina de estudos e o desempenho dos seus filhos na escola? Para receber mais dicas e ficar sempre por dentro, siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn.