Quem gosta de decoração sabe que é nos detalhes que se escodem os grandes truques. Usar tapetes na decoração de forma certa pode ajudar a tornar a casa mais aconchegante, bonita e com um visual mais completo.

Mas, para não errar na escolha do tapete e combiná-lo com o ambiente, é bom seguir alguns critérios. Afinal, a peça precisa estar em harmonia com o restante dos objetos.

Para ajudar você, preparamos este guia com dicas preciosas para usar o item na decoração da sua casa. Confira!

1. Tamanho

Essa definição é relativa: o que parece grande para uma pessoa pode ser considerado pequeno por outra.

Observe o espaço que a peça ocupa. Se sobrar muito tapete ou se ele cobrir outros objetos, sem deixar a paisagem “respirar”, é porque ele é grande.

Mas se o tapete ficar desproporcional e der a impressão de que está ali não para decorar, e sim disfarçar uma imperfeição ou falha no piso, então está pequeno.

2. Estampa

Para definir a cor e a estampa do tapete, é imprescindível conhecer as outras peças do ambiente e equilibrar os estilos, para alcançar mais harmonia.

Isso vale para almofadas, cortinas, sofá, objetos e outros móveis. Mas o tapete também pode ser a grande estrela do espaço e renovar os ares daquele cantinho meio sem graça!

Em um ambiente de tons neutros, experimente usar um tapete de cores vivas ou estampa chamativa.    

3. Espessura

Na hora de definir a espessura do tapete, considere a frequência com que o ambiente será usado. Quando há grande circulação de pessoas, o contato com a peça é constante, e a melhor escolha é um modelo de gramatura mais baixa.

Isso evita que as pessoas tropecem no tapete com frequência enquanto caminham. Já nos espaços onde buscamos conforto e ficamos mais tempo sentados, como uma sala de TV, os modelos com uma trama mais grossa podem ser mais indicados.  

4. Formato

A imaginação é o limite na hora de escolher a forma do tapete e, definitivamente, não existe uma regra rígida a ser seguida. Apenas confie no seu gosto e siga o estilo de decoração que desejar.

Para não se perder, tenha em mente apenas que, em decorações mais despojadas e ambientes com estilo descontraído, o tapete redondo pode ser mais indicado e ter um efeito visual mais interessante.

Já os modelos retangulares ficam melhor quando integram uma decoração de estilo clássico.

5. Sala

Por ser uma área com grande circulação de pessoas, a sala requer um modelo feito de material mais resistente. O tamanho deve ser grande o suficiente para acomodar todos os móveis, ou a maioria deles.

Uma boa dica é escolher um tapete que passe ao menos 10 cm dos pés do sofá .

6. Quarto

local onde dormimos requer um clima mais intimista. Por isso, os modelos de tapete macios e com textura mais aconchegantes são os mais indicados.  

7. Posição

Para evitar problemas, antes de escolher o tapete na loja, tire as medidas do espaço onde a peça será usada e também dos móveis do ambiente. Isso ajudará a posicionar o seu tapete com mais precisão.

Como você viu, não é tão difícil usar tapete na decoração. É só ter um pouco de atenção e abusar da criatividade! 

Para seguir descobrindo como tornar a sua casa mais bonita e funcional, confira também as nossas 4 dicas de utilidades para o dia a dia na cozinha.